CONVOCAÇÃO: ASSEMBLEIA GERAL (Dia 24/04/2018)

Data: 24/04/2018 (terça-feira)
Horário: 8h30
Local: Sede (Águas Claras)
PAUTA:
  1. Informes e
  2. Data-Base 2018.

Obs.: Comunicado à População divulgado no Jornal de Brasília de 20/04/2018

« Haverá transporte nas áreas!!! »

2018.04.24-Assembleia-Geral.pdf

 

Anúncios

COMUNICADO À POPULAÇÃO (Jornal de Brasília 20/04/2018)

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal – Sindágua-DF, em cumprimento ao dever legal, vem comunicar a população que a categoria fará paralisação de 24 horas a partir de 00:00, do próximo terça-feira, dia 24 de abril de 2018, até as 23:59 do mesmo dia. De acordo com o que determina a lei, os serviços essenciais estrarão garantidos. A decisão, aprovado pelos trabalhadores presentes à assembleia geral ocorrida em 19 de abril de 2018, é motivado pela intransigência do Diretoria de Caesb na tentativa de retirar direitos trabalhistas consolidados em Acordo Coletivo e não atendimento à pauta de reivindicações dos trabalhadores relativa à data-base 2018, com inflação acumulado de dois anos, entregue à Empresa com 80 dias de antecedência ao vencimento do acordo. Os trabalhadores também estão preocupados com o sucateamento da Empresa, má gestão dos recursos hídricos e consequente repasse desses custos à população.

Diretoria Colegiada do Sindágua-DF

Continue lendo “COMUNICADO À POPULAÇÃO (Jornal de Brasília 20/04/2018)”

CAESB APRESENTA PROPOSTA INDECENTE COM PERDA DE DIREITOS HISTÓRICOS E CLÁUSULA DE CALOTE

Confira o último Boletim do Sindágua: Boletim nº 376 (Março/2018) e a proposta da CAESB para o ACT 2018.

Confira também a proposta da direção da CAESB para compensação dos dias de greve, a qual foi debatida na Assembleia Geral do dia 28/03/2018. Logo abaixo as propostas aprovadas pela categoria nesta Assembleia do dia 28/03, no âmbito do processo de mediação no Ministério Publico do Trabalho – MPT: Continue lendo “CAESB APRESENTA PROPOSTA INDECENTE COM PERDA DE DIREITOS HISTÓRICOS E CLÁUSULA DE CALOTE”