Informe sobre a Audiência de Mediação no TRT

Em audiência de mediação realizada hoje, 10/5, no TRT, c/ participação do Ministério Público do Trabalho – MPT, Sindicato e Caesb discutiram os pontos de insuficiência aprovados pela categoria em Assembléia: Reajuste/Vigência, PPR, Adicional Condutor, Escala, Clausulas de Calote, e Plano de Saúde. A Diretoria do Sindagua deixou clara a proposta da categoria de adiamento do reajuste, tendo como contrapartida o fim do corte de Greve de 2016, e também denunciou as retaliações que trabalhadores vêm enfrentado pela participação nas Assembleias.

Durante a Audiência, o MPT externou preocupação com a nova regra de PPR imposta pela Empresa, que pune até mesmo mulheres em licença maternidade, e trabalhadores em licença médica. Segundo o diretor de Suporte ao Negócio, Fábio Albernaz, a mulher em licença maternidade e o trabalhador(a) doente podem sim ter corte de PPR, porque já recebem outros “benefícios”.

Ficou marcada reunião entre o Sindicato e a Caesb para segunda-feira, 14/05, às 10h; e
nova audiência de mediação ficou agendada para o dia 23/05, às 9:30, na sala de Reuniões da Presidência do TRT.

É importante lembrar que foi apenas com a nossa mobilização e disposição de luta que as negociações foram reabertas. Portanto, é fundamental nos mantermos mobilizados e prontos para a Luta em defesa nossos direitos, e pela Caesb pública e de qualidade.

Nesta próxima terça-feira, 15/05, temos Assembléia Geral, com Audiência Pública na Câmara Legislativa. A pauta é o Assédio Moral Coletivo contra os trabalhadores da Caesb.

Unidos somos mais fortes!

LUTAR • MANTER • CONQUISTAR

 

Anúncios

CONVOCAÇÃO: ASSEMBLEIA c/ Audiência Pública na CLDF (Dia 15/05/2018)

Data: 15/05/2018 (TERÇA-feira)
Horário: 8h30
Local: Câmara Legislativa do DF
PAUTA:
  1. Informes;
  2. Data-Base 2018;
  3. Perseguição e assédio moral coletivo aos trabalhadores da CAESB

* Obs: Estado de Assembleia Permanente • Estado de GREVE

« Haverá transporte nas áreas!!! »

Termo de Oposição ao Termo de Responsabilidade e Sigilo da Caesb

Segue abaixo, e neste link, o modelo  de “Termo de oposição ao Termo de Responsabilidade e Sigilo da Caesb” aos trabalhadores que assinaram o referido “Termo da Mordaça”, e não conseguiram reaver o documento junto a chefia.

Continue lendo “Termo de Oposição ao Termo de Responsabilidade e Sigilo da Caesb”

Categoria deliberou em Assembleia NÃO ASSINAR o “Termo da Mordaça” exigido pela Caesb

Reforçamos a deliberação da Assembléia Geral do dia 05/04 em não assinar o “Termo da Mordaça” da Direção da Caesb. O Sindicato fez a análise do documento e demais normativos desta política, e divulgou na Assembléia o posicionamento contrário.

Continue lendo “Categoria deliberou em Assembleia NÃO ASSINAR o “Termo da Mordaça” exigido pela Caesb”

CAESB APRESENTA PROPOSTA INDECENTE COM PERDA DE DIREITOS HISTÓRICOS E CLÁUSULA DE CALOTE

Confira o último Boletim do Sindágua: Boletim nº 376 (Março/2018) e a proposta da CAESB para o ACT 2018.

Confira também a proposta da direção da CAESB para compensação dos dias de greve, a qual foi debatida na Assembleia Geral do dia 28/03/2018. Logo abaixo as propostas aprovadas pela categoria nesta Assembleia do dia 28/03, no âmbito do processo de mediação no Ministério Publico do Trabalho – MPT: Continue lendo “CAESB APRESENTA PROPOSTA INDECENTE COM PERDA DE DIREITOS HISTÓRICOS E CLÁUSULA DE CALOTE”

MOÇÃO DE APOIO DO SINDÁGUA-DF À GREVE DOS TRABALHADORES DA NOVACAP

Os trabalhadores da Caesb aprovaram na última Assembléia Geral do dia 28/03, por unanimidade, Moção de Apoio à legítima greve dos trabalhadores da Novacap, os quais estão sem correção salarial há quatro anos. A Direção da Empresa/GDF apresentou proposta desrespeitosa de reajuste no valor de R$ 40, enquanto os trabalhadores já tiveram aumento de R$ 200 no plano de saúde, em março deste ano. Continue lendo “MOÇÃO DE APOIO DO SINDÁGUA-DF À GREVE DOS TRABALHADORES DA NOVACAP”