O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Purificação de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal – SINDÁGUA-DF repudia a demissão persecutória do presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Correios, Telégrafos e Serviços Postais (Sintect) de Mato Grosso, Edmar Leite.

A direção da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) demitiu Edmar Leite de forma arbitrária no último dia 22/02, por ter questionado os ataques que ela vem cometendo contra a categoria, sendo acusado injustamente de assédio moral contra o diretor regional dos Correios.

São vários os casos de perseguição política a dirigentes sindicais e trabalhadores que lutam por melhores condições de trabalho e de vida e que se opõem firmemente às medidas arbitrárias da Empresa.

Destacamos que a direção da Caesb – Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal – também vem perseguindo nossa categoria das mais diversas formas, incluindo ação de demissão do nosso diretor sindical Pedro Catitu, para minar a luta e resistência dos trabalhadores.

O SINDÁGUA-DF declara sua solidariedade à categoria dos trabalhadores dos Correios de Mato Grosso e ao dirigente sindical Edmar Leite, bem como reforça a necessidade de união e solidariedade dos trabalhadores na luta por nossos direitos e contra as injustiças praticadas por patrões e governos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s